19/06/2024

De volta ao Buriti, Ibaneis reúne-se com Celina e define prioridades

 O governador Ibaneis volta ao cargo
após 65 dias afastado da função por decisão do STF, investigado em inquérito
sobre atos antidemocráticos


O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB),
inicia a retomada do mandato, nesta quinta-feira (16/3), em reunião com a
vice-governadora, Celina Leão, que o substituiu durante os 65 dias nos quais
ficou afastado do GDF por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ibaneis vai se encontrar com Celina durante a manhã para
saber, em detalhes, o que foi feito durante sua ausência e definir quais serão
as prioridades do Governo do DF daqui adiante.

Enquanto substituía o governador, Celina definiu 23
medidas para organizar a saúde pública, em um projeto que batizou de “choque de
gestão”. O pontapé foi dado com a demissão da presidente do polêmico Instituto
de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), Mariela Souza.

Uma das primeiras grandes ações de Ibaneis após a
retomada do GDF deverá ser a inauguração do Túnel de Taguatinga, rebatizado de
Túnel Rei Pelé, agendada para quarta-feira (22/3). A obra que custou R$ 275
milhões vai aliviar o trânsito para os motoristas que trafegam em Taguatinga e
que vão rumo a Ceilândia.

Após a reunião com a vice-governadora, Ibaneis dará uma
entrevista coletiva para a imprensa, às 11h desta quinta-feira. O evento será
transmitido ao vivo pela internet.

Lembre o caso

Ibaneis foi afastado do cargo de governador, pelo prazo
de 90 dias, por decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes, medida
confirmada posteriormente pelo Plenário da Corte.

O afastamento ocorreu no âmbito das investigações sobre
possível omissão ou conivência de autoridades em relação à invasão e depredação
do STF, Congresso Nacional e Palácio do Planalto, ocorridas no dia 8 de
janeiro.

Ibaneis foi algo de busca e apreensão ordenada pelo STF.
Depois, ele entregou espontaneamente os dois celulares e se apresentou, também
de forma voluntária, para prestar depoimento à Polícia Federal.

O governador sempre se declarou como defensor da democracia
e agiu, no dia 8 de janeiro, de acordo com as informações que lhe foram
repassadas pelos subordinados.

Ao justificar o afastamento temporário do governador,
Moraes afirmou que “a omissão e conivência de diversas autoridades da área de
segurança e inteligência ficaram demonstradas com a ausência do necessário
policiamento, em especial do Comando de Choque da Polícia Militar do Distrito
Federal”.

A defesa de Ibaneis pediu a revogação do afastamento, no
dia 9 de fevereiro, após Moraes liberar da prisão o ex-comandante da PMDF,
coronel Fábio Augusto Vieira, também investigado. Segundo os advogados de
Ibaneis, o governador “atuou concretamente, antes do dia dos fatos, para
desmobilizar os acampamentos que se encontravam na frente dos quartéis”.

Sessenta e um dias após o afastamento, a
Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou a favor da revogação do
afastamento de Ibaneis. Para a PGR, os elementos reunidos até aquele momento,
no âmbito da apuração, não permitiam concluir que o retorno de Ibaneis ao cargo
de governador impedia o curso da coleta de provas.

Em decisão assinada na quarta-feira (15/3), Moraes
afirmou que “não estão mais presentes os requisitos exigidos pelo art. 282 do
Código de Processo Penal para a concessão de medidas cautelares”.

“Diante do exposto, revogo a medida cautelar imposta a
Ibaneis Rocha Barros Júnior, determinando seu retorno imediato ao exercício
integral das funções do cargo de governador do DF”, escreveu o ministro do STF.

Moraes afirmou que os relatórios de análise da Polícia
Judiciária “não trazem indícios de que [Ibaneis] estaria buscando obstaculizar
ou prejudicar os trabalhos investigativos, ou mesmo destruindo evidências, fato
também ressaltado pela defesa e pela Procuradoria-Geral da República”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) anuncia um novo recorde anual de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
O Inmet anuncia um novo recorde de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
DF3
Programa de microcrédito do governo gerou quase mil empregos em 2023
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia

Defesa Civil do RS divulga balanço após chuvas recentes

No total, entre sexta-feira e hoje (18/6), 22 municípios gaúchos reportaram danos em razão de alagamentos no estado Entre sexta-feira passada e hoje (18/6), 22 municípios gaúchos enfrentaram alagamentos, inundações e deslizamentos de terra, conforme relatório da Defesa Civil estadual. São Luiz Gonzaga foi uma das cidades mais afetadas, com

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.