23/06/2024

Ex-ministra dos Direitos Humanos votou contra saidinha de presos

Procurada pelo Correio, Rosário informou que não iria comentar o seu posicionamento - (crédito: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

Maria do Rosário foi a única petista a se posicionar para derrubar veto do presidente Lula, que defendia o direito à saída temporária dos detentos; 59 foram a favor da manutenção e 8 se ausentaram

Ministra dos Direitos Humanos no primeiro governo de Dilma Rousseff (2011 a 2014), a deputada Maria do Rosário (PT-RS), uma militante histórica dessa área, destoou da orientação de seu partido e foi a única petista a votar contra a saída temporária dos presos. A parlamentar se posicionou pela derrubada do veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que havia mantido o direito do presidiário de se encontrar com seus parentes em datas comemorativas, como Natal e Dia das Mães.

Outros 59 deputados do PT acompanharam o governo e votaram a favor do veto presidencial. Oito parlamentares petistas se ausentaram e não se manifestaram: Waldenor Pereira (BA), Zé Neto (BA), Reginaldo Lopes (MG), Leonardo Monteiro (MG), Washington Quaquá (MG), Dimas Gadelha (RJ), Denise Pessoa (RS) e João Daniel (SE).

Procurada pelo Correio, Rosário informou, por intermédio de sua assessoria, que não iria comentar o seu posicionamento contra o fim da saidinha na sessão de ontem.

A posição da parlamentar, que é pré-candidata à Prefeitura de Porto Alegre (RS) nestas eleições, diverge da postura que adotou em agosto de 2022, quando a Câmara aprovou pela primeira vez, por 311 votos favoráveis a 98 contrários, o fim do direito dos presos à saída temporária. Nesta, a ex-ministra votou contra a proposta. Foi um dos 98 votos que tentaram derrubar a iniciativa.

Tribuna Livre, com informações da Agência Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Congressista americano aliado de bolsonaristas questiona Moraes sobre supostos abusos
Congressista americano aliado de bolsonaristas questiona Moraes sobre supostos abusos
STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS
STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS
Efraim se licencia, e Professora Dorinha vira líder do União no Senado
Efraim se licencia, e Professora Dorinha vira líder do União no Senado
Barroso recebe ligação da CNBB e diz: “Não estamos legalizando droga”
Barroso recebe ligação da CNBB e diz: “Não estamos legalizando droga”
CFM defende no STF proibição da assistolia fetal em casos de estupro
CFM defende no STF proibição da assistolia fetal em casos de estupro
Petista mostra a língua durante discurso de bolsonarista na Câmara
Petista mostra a língua durante discurso de bolsonarista na Câmara
Congresso prepara pacote contra a impunidade; conheça as propostas
Congresso prepara pacote contra a impunidade; conheça as propostas
Ciro diz a Nunes que PP aceita vice indicado por Bolsonaro e Tarcísio
Ciro diz a Nunes que PP aceita vice indicado por Bolsonaro e Tarcísio
OAB envia a Lira parecer contra PL do Aborto: “Cruel e grosseiro”
OAB envia a Lira parecer contra PL do Aborto: “Cruel e grosseiro”
Com 88% contra, enquete oficial sobre PL Antiaborto alcança 1 milhão de votos
Com 88% contra, enquete oficial sobre PL Antiaborto alcança 1 milhão de votos
Presidente do partido Solidariedade se entrega à Polícia Federal
Presidente do partido Solidariedade se entrega à Polícia Federal
Autor de "PL antiaborto" vai propor aumento da pena de estupro para 30 anos
Autor de "PL antiaborto" vai propor aumento da pena de estupro para 30 anos

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.