23/06/2024

GDF desocupa 138 hectares de área invadida por grileiros em Brazlândia

 Ação
conjunta do governo contou com a atuação das secretarias DF Legal e de
Segurança Pública, das polícias Civil e Militar, do Serviço de Limpeza Urbana,
do CBMDF, do Detran, entre outros órgãos


Após o fim do trabalho de demolição dos barracos
irregulares, foram recolhidas mais de 551 toneladas de entulhos | Foto:
Divulgação/DF Legal

O Governo do Distrito Federal (GDF), por intermédio de
quase 20 órgãos, realizou, ao longo de toda esta semana, uma operação para
desconstituir ocupações e inibir a ação de grileiros na Área de Proteção
Ambiental (APA) da Bacia do Rio Descoberto, em Brazlândia.

Iniciada na segunda-feira (20), a ação conjunta do
governo visou três grandes pontos de aglomeração de pequenos barracos feitos de
madeira e lona. Sem qualquer acesso a saneamento básico ou energia elétrica,
mais de 90% das edificações estavam desabitadas.

Ao todo, foram desconstituídas 1.210 destas construções
em uma área de pouco mais de 138 hectares. “Foram ocupações feitas com o fim de
especulação. Fomos acionados e conseguimos retirar esse grande número de edificações
precárias”, explica o subsecretário de Operações da Secretaria de Proteção da
Ordem Urbanística (DF Legal), Alexandre Sena.

Conforme apurado pela secretaria por meio de sobrevoos
com drones antes da operação, verificou-se que os ocupantes irregulares da área
ostentavam veículos novos e até caminhonetes. A pasta apurou que lotes já
vinham sendo vendidos por R$ 8 mil.

Após o fim do trabalho de demolição dos barracos
irregulares, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) passou a recolher o entulho. Até
sexta-feira (24), mais de 551 toneladas tinham sido retiradas. Parte desse
material será reciclado e doado a administrações regionais para realização de
obras, outro montante será triturado e os inservíveis, aterrados.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) também
desempenhou importante papel na operação. A Polícia Militar (PMDF), por meio do
Batalhão Rural, realizou a manutenção da segurança do perímetro e das equipes
envolvidas.

A Polícia Civil (PCDF) designou servidores da Delegacia
de Combate a Ocupação do Solo e aos Crimes contra a Ordem Urbanística e o Meio
Ambiente (Dema) para análise e ações de inteligência, com o objetivo,
essencialmente, de identificar pessoas com atuação de liderança.

Por dia, o Corpo de Bombeiros (CBMDF) destacou duas
viaturas de combate e prevenção a incêndio e nove militares para realizar
atendimentos de emergência de indivíduos com alteração do quadro de saúde. Já o
Departamento de Trânsito (Detran) prestou apoio com equipes de fiscalização, um
guincho e uma empilhadeira.

O administrador regional de Brazlândia, Marcelo
Gonçalves, comemorou a atuação do GDF. “A operação em combate a essa invasão
feita por grileiros foi uma resposta devida a todas as pessoas que ainda pensam
que não serão penalizadas. A cidade de Brazlândia ou qualquer cidade do
Distrito Federal não aceita mais essa prática. Ficaremos vigilantes e a postos
a qualquer ato desse tipo”, destacou.

O monitoramento do local continua para evitar novas
invasões e a reconstituição do cenário anterior. A DF Legal, inclusive, oficiará
a Terracap, que é proprietária da área, a promover o cercamento e a instalação
de postos de vigilância, com o intuito de mitigar o retorno dos invasores.

APA do Descoberto

Considerada de alta relevância ecológica, a região foi
criada em 1983 para garantir a conservação do Lago do Descoberto e dos
manaciais hídricos que o formam. “Cerca de 65% da população do Distrito Federal
consome a água servida pela Barragem do Descoberto. A ocupação desordenada e
criminosa na região pode comprometer a qualidade e a quantidade de água
fornecida para o DF e implicar na necessidade de importação de água do estado
de Goiás, tornando o serviço mais caro ao consumidor final”, explica a chefe da
APA Bacia do Descoberto e da Floresta Nacional de Brasília, Larissa Diehl.

Na mesma linha, o presidente do Instituto Brasília
Ambiental, Rôney Nemer, lembra que, para além de combater o parcelamento
irregular do solo, é também importante a ação por outros motivos: “A
desocupação evita a supressão vegetal, o desmatamento e a hipermeabilização do
solo, o que ajuda na recarga de nossos aquíferos para garantir a nossa
qualidade de vida e água em abundância para todos”.

*Com informações da DF Legal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) anuncia um novo recorde anual de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
O Inmet anuncia um novo recorde de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
DF3
Programa de microcrédito do governo gerou quase mil empregos em 2023
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.