23/06/2024

Milei pretende convocar uma consulta popular caso o Congresso rejeite os decretos.

Manifestantes do Central Geral dos Trabalhadores da Argentina se reuniram na frente do Palácio da Justiça em oposição a Milei nesta quarta-feira (27/12). - (crédito: Luis ROBAYO / AFP)

Conforme afirmado por Milei, 75% da população expressa apoio aos decretos de desregulação econômica.

O presidente da Argentina, Javier Milei, expressou sua intenção “obviamente” de convocar uma consulta popular caso o Congresso não aprove o pacote de medidas que ele introduziu por meio de Decretos de Necessidade e Urgência (DNU), um instrumento semelhante às medidas provisórias brasileiras. O político, que enfrenta minoria nas duas Casas do Legislativo, questionou por que o Congresso se opõe a algo que, segundo ele, beneficia a população. As declarações foram feitas durante uma entrevista ao canal a cabo La Nación+.

De acordo com Milei, 75% da população apoia os decretos que visam a desregulação da economia. Ele acusou “alguns” legisladores de buscar propinas em troca de votos favoráveis aos decretos, destacando o uso estratégico do DNU por seus antecessores e criticando um “duplo padrão”.

Milei afirmou que os opositores ao conteúdo dos decretos colocam a culpa na forma, enquanto seus decretos visam combater a corrupção, apontando contra aqueles que procuram benefícios em troca de favores legislativos.

Ele explicou que o pacote de medidas visa desregular a economia, promovendo um “choque libertador” amigável à competição, aos mercados e aos argentinos comprometidos. Na visão dele, tais mudanças acelerarão significativamente os investimentos no país, reduzindo o período de crise.

Tribuna Livre, com informações da AFP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Comandante morre em voo e copiloto precisa fazer pouso de emergência
Comandante morre em voo e copiloto precisa fazer pouso de emergência
"Casa mais triste do mundo" está à venda por R$ 35 milhões
"Casa mais triste do mundo" está à venda por R$ 35 milhões
Por que Vietnã desafia os EUA para receber Putin
Por que Vietnã desafia os EUA para receber Putin
Como mudanças climáticas aumentaram em 35 vezes chance de ondas de calor nos EUA
Como mudanças climáticas aumentaram em 35 vezes chance de ondas de calor nos EUA
O 'inquietante' pacto de proteção mútua entre Rússia e Coreia do Norte
O 'inquietante' pacto de proteção mútua entre Rússia e Coreia do Norte
Como família mais rica do Reino Unido foi parar no banco dos réus por tráfico de pessoas
Como família mais rica do Reino Unido foi parar no banco dos réus por tráfico de pessoas
Faixa de Gaza: Netanyahu reage a racha e dissolve o gabinete de guerra
Faixa de Gaza: Netanyahu reage a racha e dissolve o gabinete de guerra
Quais as intenções de Putin em visita a Kim Jong Un, na Coreia do Norte
Quais as intenções de Putin em visita a Kim Jong Un, na Coreia do Norte
Cúpula de Zelensky pode indicar possível divisão global
Cúpula de Zelensky pode indicar possível divisão global
Tiroteio em parque aquático deixa 9 pessoas feridas nos EUA
Tiroteio em parque aquático deixa 9 pessoas feridas nos EUA
Líderes do G7 liberam juros de ativos russos para ajudar a Ucrânia
Líderes do G7 liberam juros de ativos russos para ajudar a Ucrânia
Mundo bate recorde de refugiados com conflitos no Sudão e em Gaza
Mundo bate recorde de refugiados com conflitos no Sudão e em Gaza

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.