22/02/2024

O líder da Organização das Nações Unidas (ONU) estabelece um comitê independente para examinar a atuação da agência de refugiados.

Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) Antonio Guterres - (crédito: KARIM JAAFAR / AFP)

A equipe, que começará suas atividades em 14 de fevereiro, analisará se a UNRWA “está empenhada em assegurar a neutralidade e em responder de maneira adequada às alegações de violações graves quando estas ocorrem”.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, anunciou, nesta segunda-feira (5), a criação de um comitê independente para avaliar a “neutralidade” da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA), após acusações de Israel de que 12 de seus trabalhadores participaram dos ataques do Hamas em 7 de outubro.

O comitê será liderado pela ex-chanceler francesa Catherine Colonna e trabalhará em colaboração com o Instituto Raoul Wallenberg na Suécia, o Instituto Chr. Michelsen na Noruega e o Instituto Dinamarquês para os Direitos Humanos.

O grupo, que iniciará seus trabalhos em 14 de fevereiro, avaliará se a UNRWA “faz o que pode para garantir a neutralidade e responder aos relatos de violações graves quando estas ocorrem”.

A UNRWA está no centro das atenções desde que Israel acusou 12 de seus funcionários de terem participado dos ataques do movimento islamista Hamas, que governa a Faixa de Gaza, nos quais morreram 1.140 pessoas, a maioria civis, segundo uma contagem da AFP com base em números oficiais.

A retaliação do Exército israelense deixou 27.478 mortos na Faixa de Gaza, a maioria mulheres e crianças, segundo um balanço do Hamas.

Está previsto um primeiro relatório provisório para o final de março e o relatório final para o final de abril, segundo o comunicado do secretário-geral, no qual assegura que a “cooperação das autoridades israelenses (…) será fundamental para o sucesso da investigação”.

Esta revisão externa será realizada em paralelo com a investigação atualmente conduzida pelo Gabinete de Serviços de Supervisão Interna das Nações Unidas (OIOS).

Guterres pretende que a investigação independente identifique os mecanismos e procedimentos da agência para garantir a sua neutralidade e responder a denúncias ou informações que indiquem possíveis violações, além de determinar como têm sido aplicados na prática, “tendo em conta o ambiente operacional, político e de segurança em que trabalha”.

Da mesma forma, o comitê deverá avaliar a idoneidade destes mecanismos e se eles se enquadram na sua finalidade e fazer recomendações para melhorá-los, se necessário.

A UNRWA é a maior organização da ONU na região e trabalha “sob condições extremamente difíceis para fornecer assistência vital aos dois milhões de pessoas na Faixa de Gaza que dela dependem (…), em meio a uma das maiores e mais complexas crises humanitárias do mundo”, lembra o secretário-geral.

Vários países, incluindo os Estados Unidos, a Alemanha e o Japão, anunciaram a suspensão das suas contribuições para esta agência, em resposta às acusações de Israel, que afirma que a organização sistematicamente contraria seus interesses.

Tribuna Livre, com informações da Agence France-Presse

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Controvérsia de Lula com Israel ameaça ofuscar plano do Brasil para o G20?
Controvérsia de Lula com Israel ameaça ofuscar plano do Brasil para o G20?
Após comentários de Lula sobre o Holocausto, a oposição pede impeachment e o governo se declara 'indignado' com Israel
Após comentários de Lula sobre o Holocausto, a oposição pede impeachment e o governo se declara 'indignado' com Israel.
Fala de Lula sobre Israel e o Holocausto é 'ignorante' e 'deve ser condenada': as reações na imprensa israelense
Fala de Lula sobre Israel e o Holocausto é 'ignorante' e 'deve ser condenada': as reações na imprensa israelense
'Putin matou meu marido', diz viúva do opositor russo Navalny
'Putin matou meu marido', diz viúva do opositor russo Navalny
Russos seguem fazendo manifestações em memória do opositor Navalny
Russos seguem fazendo manifestações em memória do opositor Navalny
Ministro israelense declara que Lula é persona non grata em Israel
Ministro israelense declara que Lula é persona non grata em Israel.
Netanyahu diz que terá "dura conversa de repreensão" com embaixador do Brasil
Netanyahu diz que terá "dura conversa de repreensão" com embaixador do Brasil
Alexei Navalny, um dos principais opositores de Putin, falece na prisão
Alexei Navalny, um dos principais opositores de Putin, falece na prisão.
Rússia emite mandados de busca e prisão contra líderes europeus; veja quem
Rússia emite mandados de busca e prisão contra líderes europeus; veja quem
Condenado à prisão perpétua homem envolvido na morte do presidente do Haiti
Condenado à prisão perpétua homem envolvido na morte do presidente do Haiti.
Na Venezuela, uma comitiva liderada por María Corina foi alvo de um ataque com paus e pedras
Na Venezuela, uma comitiva liderada por María Corina foi alvo de um ataque com paus e pedras.
O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta sobre o ressurgimento global da dengue
O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta sobre o ressurgimento global da dengue.

No Brasil, G20 inicia debates sobre aliança global contra a fome

O ministro do Desenvolvimento Social participou da abertura dos três dias de reuniões que discutirão o termo de adesão dos países ao projeto internacional O ministro Wellington Dias, do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, participou nesta quarta-feira (21/2) da primeira reunião da Força Tarefa do G20

Leia mais...

Saúde pública do DF terá o reforço de mais 741 profissionais

Contratação de 200 médicos temporários, 156 enfermeiros e demais profissionais foi anunciada pelo governador Ibaneis Rocha durante evento de combate à dengue no Sol Nascente/Pôr do Sol O Distrito Federal vai ganhar 741 profissionais da saúde para reforçar o quadro de atendimento à população. O anúncio foi feito pelo governador

Leia mais...

Volta às aulas conturbada no CEM 404 Santa Maria

Aluno armado com faca fere o sargento Daniel Matos Na manhã da terça-feira (20), por volta das 11 horas, os policiais do Batalhão Escolar, 1º Sgt Daniel Matos e o 2º Sgt Euzimar, foram solicitados pela diretora do CEM 404 Santa Maria para prestarem apoio, pois havia um aluno na

Leia mais...

Inscritos no programa de voluntariado da Codhab são convocados

Duzentas pessoas passarão por entrevista e análise curricular nos dias 28 e 29 de fevereiro A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) convocou, nesta quarta-feira (20), os inscritos no programa de voluntariado. Ao todo, 200 pessoas foram alistadas no processo seletivo. O Edital nº 77/2024 foi publicado no

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.