23/06/2024

Por que os EUA estão preocupados com possível ataque do Irã a Israel

Manifestantes queimam bandeiras dos EUA e de Israel durante um protesto em Teerã, Irã, 1º de abril de 2024 - (crédito: Reuters)

O presidente Joe Biden prometeu um apoio “firme” dos EUA a Israel em meio a temores de que o Irã possa lançar represálias por um ataque que matou importantes oficiais iranianos.

O presidente Joe Biden prometeu a Israel o apoio “firme” dos EUA em meio a temores de que o Irã possa lançar represálias após um ataque que matou importantes oficiais iranianos.

O presidente americano alertou que o Irã está ameaçando lançar um “ataque significativo” depois que Israel atacou o consulado iraniano na Síria, há 10 dias.

“Faremos tudo o que pudermos para proteger a segurança de Israel”, acrescentou ele.

Na quarta-feira (10/4), o líder do Irã disse que o ataque israelense em Damasco foi equivalente a um ataque ao próprio Irã.

“Quando atacaram a área do nosso consulado, foi como se atacassem o nosso território”, disse o aiatolá Ali Khamenei em um discurso transmitido pela televisão.

“O regime maligno deve ser punido e será punido.”

Ainda não está claro qual seria essa represália.

Se o Irã atacar Israel diretamente, colocaria em risco uma escalada ainda maior do conflito. Analistas afirmam que o Irã não tem capacidade militar para um confronto dessa magnitude.

Uma alternativa possível é dar o troco por meio de um grupo que represente os interesses iranianos, como o Hezbollah, que frequentemente realiza ataques menores contra Israel a partir do Líbano.

No domingo (7/4), uma autoridade iraniana alertou que as embaixadas de Israel “não estavam mais seguras”, sugerindo que consulados poderiam ser possíveis alvos.

Especialistas também sugeriram que o Irã poderia lançar um ataque cibernético.

Treze pessoas foram mortas no ataque israelense de 1º de abril, incluindo importantes líderes militares iranianos.

Israel não assumiu a responsabilidade pelo ataque, mas é amplamente considerado o autor da ação.

As forças dos EUA e de Israel na região foram colocadas em alerta máximo desde então.

Os comentários de Biden foram feitos enquanto ele falava com jornalistas na Casa Branca na quarta-feira (10/4), ao lado do primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida.

“Como disse ao primeiro-ministro Netanyahu, o nosso compromisso com a segurança de Israel contra estas ameaças do Irã e dos seus representantes é inflexível”, declarou Biden.

Os discurso do presidente americano aconteceu um dia depois dele ter apelado a um cessar-fogo em Gaza e ter dito que discordava da estratégia de guerra de Netanyahu.

“Acho que o que ele está fazendo é um erro. Não concordo com essa abordagem”, afirmou Biden em entrevista à emissora Univision, gravada há uma semana.

Os comentários também foram feitos quase uma semana depois de um tenso telefonema entre Biden e Netanyahu, após o assassinato de sete trabalhadores humanitários em Gaza pelas forças israelenses.

Biden aguçou a retórica sobre a conduta de Israel na guerra que dura seis meses e foi desencadeada pelo ataque do Hamas em 7 de outubro. Ele também deixou clara uma crescente frustração com Netanyahu.

As autoridades dos EUA tentam enviar uma mensagem aos iranianos de que, apesar das diferenças de opinião entre Biden e Netanyahu, qualquer ataque a Israel encontrará uma resposta agressiva dos EUA.

Num esforço para aliviar as tensões, os ministros dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita, dos Emirados Árabes Unidos, do Qatar e do Iraque falaram esta semana com o seu homólogo iraniano, segundo o site de notícias Axios.

Os ministros foram convidados a transmitir uma mensagem do conselheiro sênior de Biden para o Oriente Médio, Brett McGurk, sobre a necessidade de desanuviar as tensões.

De acordo com o Ministério da Saúde de Gaza, controlado pelo Hamas, mais de 33 mil pessoas — a maioria mulheres e crianças — foram mortas pelas forças israelenses.

O conflito foi desencadeado pelo assassinato de mais de 1,2 mil pessoas pelo Hamas em Israel e pela tomada de 253 reféns no ataque realizado em outubro do ano passado.

Tribuna Livre, com informações da BBC News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Comandante morre em voo e copiloto precisa fazer pouso de emergência
Comandante morre em voo e copiloto precisa fazer pouso de emergência
"Casa mais triste do mundo" está à venda por R$ 35 milhões
"Casa mais triste do mundo" está à venda por R$ 35 milhões
Por que Vietnã desafia os EUA para receber Putin
Por que Vietnã desafia os EUA para receber Putin
Como mudanças climáticas aumentaram em 35 vezes chance de ondas de calor nos EUA
Como mudanças climáticas aumentaram em 35 vezes chance de ondas de calor nos EUA
O 'inquietante' pacto de proteção mútua entre Rússia e Coreia do Norte
O 'inquietante' pacto de proteção mútua entre Rússia e Coreia do Norte
Como família mais rica do Reino Unido foi parar no banco dos réus por tráfico de pessoas
Como família mais rica do Reino Unido foi parar no banco dos réus por tráfico de pessoas
Faixa de Gaza: Netanyahu reage a racha e dissolve o gabinete de guerra
Faixa de Gaza: Netanyahu reage a racha e dissolve o gabinete de guerra
Quais as intenções de Putin em visita a Kim Jong Un, na Coreia do Norte
Quais as intenções de Putin em visita a Kim Jong Un, na Coreia do Norte
Cúpula de Zelensky pode indicar possível divisão global
Cúpula de Zelensky pode indicar possível divisão global
Tiroteio em parque aquático deixa 9 pessoas feridas nos EUA
Tiroteio em parque aquático deixa 9 pessoas feridas nos EUA
Líderes do G7 liberam juros de ativos russos para ajudar a Ucrânia
Líderes do G7 liberam juros de ativos russos para ajudar a Ucrânia
Mundo bate recorde de refugiados com conflitos no Sudão e em Gaza
Mundo bate recorde de refugiados com conflitos no Sudão e em Gaza

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.