22/07/2024

Abrigos contra o frio acolhem mais de 2,2 mil pessoas em três semanas

Como parte da campanha Ação contra o Frio, estão em funcionamento abrigos no Plano Piloto e em Ceilândia | Foto: Tony Oliveira/ Agência Brasília

Estruturas montadas na Asa Sul e em Ceilândia funcionam todas as noites, de domingo a domingo, das 19h às 7h

Preparados para oferecer segurança e acolhimento à população em situação de rua, os abrigos temporários criados pelo Governo do Distrito Federal (GDF) realizaram 2.261 acolhimentos até este domingo (7). A iniciativa faz parte da campanha Ação contra o Frio e seguirá enquanto durarem as baixas temperaturas no DF. Para esta semana, a previsão é que a temperatura mínima atinja 12ºC, segundo o Instituto de Nacional de Meteorologia (Inmet).

Atualmente, estão em funcionamento os espaços do Plano Piloto e de Ceilândia. O primeiro abrigo foi disponibilizado para a população em 17 de junho e fica no Centro Integrado de Educação Física (Cief), na 907 Sul. Em 22 dias de operação, o local recebeu 2.009 pessoas.

A estrutura de Ceilândia abriu as portas no último dia 3, na Coordenação Regional de Ensino da cidade, na QNM 27, e já registrou 144 atendimentos. O GDF também abriu um abrigo temporário no Gama, mas que foi fechado devido à baixa demanda. O local funcionou entre 20 de junho e 2 de julho, e somou 108 acolhimentos.

Os abrigos temporários funcionam todas as noites, de domingo a domingo, das 19h às 7h, com fechamento dos portões às 22h. O abrigo da Asa Sul dispõe de 100 vagas diárias e o de Ceilândia, 40. Nos espaços, os cidadãos têm à disposição colchão, travesseiro, cobertor e banheiros com chuveiro quente.

Além disso, a população recebe kits de higiene e agasalhos, vindos, em parte, da Campanha do Agasalho Solidário, iniciativa da Chefia-Executiva de Políticas Sociais idealizada pela primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha. A alimentação também é garantida, com oferta de jantar e café da manhã, balanceados e feitos sob supervisão de nutricionistas.

“Essa ação funciona como um termômetro e reforça como os abrigos de pernoite permanente, que pretendemos instalar em breve, podem ser uma boa opção”

Ana Paula Marra, secretária de Desenvolvimento Social

A secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, afirma que a Ação contra o Frio está alinhada às iniciativas do GDF em viabilizar maior inclusão e dignidade à população em situação de rua. “Essa ação funciona como um termômetro e reforça como os abrigos de pernoite permanente, que pretendemos instalar em breve, podem ser uma boa opção para oferecer dignidade e atender número maior de pessoas que vivem nas ruas”, ressalta.

Conforme adiantou a secretária, a Sedes deve implementar abrigos de pernoite de forma permanente ainda neste ano para atender a população em situação de rua. A pasta já recebeu propostas e o projeto está em fase de seleção. O serviço prevê a oferta de um espaço para receber pessoas que vivem nas ruas durante a noite, oferecendo a elas um local seguro para dormir, fazer as refeições, higiene pessoal e guardar os pertences.

Campanha do Agasalho Solidário

Cobertores, casacos, meias, luvas e gorros podem ser entregues até o dia 17 de julho nas administrações regionais e nos batalhões do Corpo de Bombeiros, bem como nas 12 unidades do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), na Rodoviária Interestadual de Brasília e nos dois centros Pop, na Asa Sul e em Taguatinga Norte. A Defesa Civil, a PMDF e o Corpo de Bombeiros também receberão os materiais. A meta para este ano, de recolher 8 mil itens, já foi superada, mas as doações ainda podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Tribuna Livre, com informações do Governo do Distrito Federal (GDF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Esforço conjunto do GDF e de voluntários ajuda a transformar a Lagoa dos Patos, no Parque da Cidade
Esforço conjunto do GDF e de voluntários ajuda a transformar a Lagoa dos Patos, no Parque da Cidade
Brasília lidera ranking de cidade com maior produção de energia solar do país
Brasília lidera ranking de cidade com maior produção de energia solar do país
Rubéola: vacinação é medida principal para evitar retorno da doença
Rubéola: vacinação é medida principal para evitar retorno da doença
Projeto promoverá ações de apoio à maternidade atípica no Distrito Federal
Projeto promoverá ações de apoio à maternidade atípica no Distrito Federal
Abrigo e acesso a programas do governo: GDF acolhe população em situação de rua em Taguatinga
Abrigo e acesso a programas do governo: GDF acolhe população em situação de rua em Taguatinga
De Brasília a Paris: DF terá 16 representantes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
De Brasília a Paris: DF terá 16 representantes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
Novo acesso do Sudoeste ao Parque da Cidade começa a ser construído
Novo acesso do Sudoeste ao Parque da Cidade começa a ser construído
Novas câmeras inteligentes regulam abertura de semáforos em locais movimentados do DF
Novas câmeras inteligentes regulam abertura de semáforos em locais movimentados do DF
Equipes do GDF promovem acolhimento de pessoas em situação de rua em Taguatinga
Equipes do GDF promovem acolhimento de pessoas em situação de rua em Taguatinga
Ação de acolhimento da população em situação de rua continua nesta quinta (18) em Taguatinga
Ação de acolhimento da população em situação de rua continua nesta quinta (18) em Taguatinga
Investimento de R$ 2 milhões leva acessibilidade às calçadas da ADE de Samambaia
Investimento de R$ 2 milhões leva acessibilidade às calçadas da ADE de Samambaia
Inscrições para a 10ª edição do Casamento Comunitário vão até 23 de agosto
Inscrições para a 10ª edição do Casamento Comunitário vão até 23 de agosto

Apagão global cibernético afeta bancos e aeroportos em todo mundo

Um apagão cibernético está causando atrasos em voos, impactando os serviços bancários e de comunicação globalmente nessa sexta-feira Na manhã desta sexta-feira (19/7) diversos países registraram problemas técnicos que afetaram operações de companhias aéreas internacionais, empresas ferroviárias e do setor de telecomunicações, entre outros. Segundo a Administração Federal de Aviação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.