17/04/2024

Exclusivo: CPI começa a revelar farsa das invasões do MST e seus aliados

Relatório de diligência mostra invasões montadas, relatos de ameaças e doutrinação ideológica

Com um mês de trabalho, as primeiras diligências da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara já começaram a revelar a farsa das invasões do MST e dos seus braços no campo, especialmente a Frente Nacional de Lutas (FNL), liderada por José Rainha Júnior — solto nesta segunda-feira, 12, pela polícia de São Paulo.

Parlamentares da comissão visitaram propriedades invadidas pelos movimentos no oeste paulista — Presidente Prudente, Rosana e Sandovalina. Os deputados filmaram as condições degradantes dos acampamentos, entrevistaram pessoas que confirmaram terem sido enganadas com promessa de terras e encontraram barracões para doutrinação ideológica. O material consta de um documento assinado pelo relator, Ricardo Salles (PL-SP), obtido por Oeste.

O relatório da visita, acompanhada pela Polícia Civil paulista, afirma que há um “modus operandi para invadir e estruturar” as terras em curto espaço de tempo, apesar das distâncias. São elementos claros que atestam o uso de pessoas em condições de extrema pobreza como massa de manobra política.

“Foi observada a condição degradante dos invasores em termos de direitos humanos, possivelmente em condição muito pior do que aquelas em que são encontrados trabalhadores em situação análoga à de escravidão”, diz o texto.

 Ricardo Salles, em primeiro plano, esteve na comitiva | Foto: Divulgação

Muitos barracos estão desocupados, usados apenas como marcos. Também chamou atenção a presença de carros com placas de vários Estados, como Paraná e Mato Grosso do Sul — nenhum deles pertencia aos sem-terra que estavam no local. As terras ficam sempre próximas a rodovias. Tampouco foi identificado um líder.

Clima de medo na região

“Uma das invasoras declarou que veio sob a promessa de que iria receber um lote de terra na área e que já tinha sido desapropriada, o que não corresponde aos fatos apurados”, relata o documento.

Algumas imagens foram exibidas na sessão desta terça-feira, 13, da CPI, sob forte protesto da bancada governista, liderada por Gleisi Hoffmann (PR), presidente do PT, e Sâmia Bonfim (Psol-SP), que abriga a ex-mulher de José Rainha como funcionária do seu gabinete.

As oitivas dos invasores e de proprietários também narram episódios de extorsão e “clima de medo na região”, com ameaças “inclusive a familiares que moram em outras cidades”. Num dos depoimentos, uma produtora de milho afirmou que o grupo de José Rainha exigia R$ 2 milhões. Há relatos de retenção de máquinas pelo “resgate”, que varia de R$ 25 mil a R$ 50 mil.

Em visita à Fazenda Santa Mônica, em Rosana, os deputados encontraram um depósito de máquinas transformado em centro de doutrinação comunista, com inscrições nas paredes, bandeiras e imagens de Che Guevara e Karl Marx.

Leia também: “A guerra contra o agro”, reportagem de Silvio Navarro publicada na Edição 165 da Revista Oeste

“Especificamente nessa invasão, chamou atenção o fornecimento de energia elétrica e, além disso, em um barracão outrora destinado à guarda de máquinas e implementos agrícolas, no formato de um templo religioso, foi instalado um centro de doutrinação comunista, como se pode observar pelos cartazes e faixas nele dispostos”, diz o relatório.

Um detalhe chamou atenção: uma pequena lojinha que vende bandeiras e camisetas do movimento a R$ 25. Ao lado, foi montada uma lanchonete para atender os “alunos” das palestras e das reuniões sobre o comunismo.

Militantes do MST bloqueia BR 386 em Nova Santa Rita, na região Metropolitana de Porto Alegre, em junho 2017

Foto: Leandro Molina/MST – Fonte: Revista OESTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
MARCO TEMPORAL
Marco temporal: a histórica vitória dos indígenas no Supremo
DINO
Lula é alertado sobre uma consequência negativa de indicar Dino ao STF
LULA
Lira alerta que governo deve ter cuidados com "excessos" da PF
LULA
Presidente Lula participa de jantar com empresários em Nova York
CONGRESSO
Candidaturas de mulheres e negros sob ataque em propostas no Congresso
voo
Lula vai para Cuba e Estados Unidos, e passa Presidência a Alckmin
RODRIGO
Senado vai apresentar PEC para criminalizar porte de drogas
XANDE
8/1: Defesa de acusado diz que julgamento é político; Moraes rebate

Ceilândia ganha mais uma tenda para pacientes com suspeita de dengue

A partir desta terça (16), estrutura de acolhimento irá atender diariamente, das 7h às 19h, ofertando triagem, consultórios, farmácias e sala de hidratação Ceilândia recebe, nesta terça-feira (16), mais uma tenda de acolhimento a pacientes com dengue. A estrutura, localizada no estacionamento do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), realizará atendimentos

Leia mais...

Licitação do viaduto de acesso a Planaltina tem data marcada

Propostas serão entregues eletronicamente no dia 15 de julho; com investimento de R$ 65,6 milhões, obra viária vai beneficiar cerca de 90 mil motoristas, além dos ciclistas que trafegam pela região O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) publicou nesta segunda-feira (15), no Diário Oficial do Distrito

Leia mais...

Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões.

Com mais desacertos do que acertos, as pessoas de bem procuram entender aonde Pacheco quer chegar. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, pressionado tanto por Senadores quanto deputados, se viu obrigado a se manifestar  uma continuada tendência do Supremo Tribunal Federal (STF) em usurpar as atribuições dos parlamentares. A Pressão

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.