20/07/2024

Ministro multiplica patrimônio em 30 vezes e acumula quase R$ 80 milhões

Alexandre Silveira não declarou a maior parte dos bens ao TSE

O ministro de Minas e Energia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Alexandre Silveira (PSD), multiplicou seu patrimônio em 30 vezes e acumulou quase R$ 80 milhões desde 2006, quando se candidatou a deputado pela primeira vez. O portal UOL divulgou a informação nesta segunda-feira, 26.

A maior parte do patrimônio não foi declarada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas eleições mais recentes, porque está ligada à holding patrimonial do ministro de Lula, a Solidez Participações.

A Solidez detém cotas de empresas de construção, consultoria e agropecuária, que são propriedade indireta de Silveira. Elas são administradas formalmente por um primo do ministro.

Ministro de Lula declarou ter menos de R$ 9 milhões em patrimônio

A legislação eleitoral permite que um candidato não declare o patrimônio vinculado a empresas que estão em seu nome, o que dificulta que o eleitor saiba quantos bens possui o político em que ele deseja votar. Ao TSE, o ministro de Lula declarou ter menos de R$ 9 milhões em bens no ano passado.

“Meu patrimônio é todo declarado, não tenho uma prata fora do meu Imposto de Renda, seja da pessoa física ou jurídica”, disse Silveira ao UOL. Ele acrescentou que seu patrimônio é resultado de 30 anos de atuação como empresário.

A reportagem mostra que o patrimônio do ministro de Lula pode ser ainda maior que os quase R$ 80 milhões. Isso porque ficaram fora imóveis que constam em nome de empresas de Silveira em cartório de imóveis, mas que têm coproprietários em cadastros de prefeituras municipais. Os bens que ficaram fora da conta somam ao menos R$ 27,2 milhões.

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a 1ª Reunião Extraordinária do Conselho Nacional de Política Energética – CNPE

| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
MARCO TEMPORAL
Marco temporal: a histórica vitória dos indígenas no Supremo
DINO
Lula é alertado sobre uma consequência negativa de indicar Dino ao STF
LULA
Lira alerta que governo deve ter cuidados com "excessos" da PF
LULA
Presidente Lula participa de jantar com empresários em Nova York
CONGRESSO
Candidaturas de mulheres e negros sob ataque em propostas no Congresso
voo
Lula vai para Cuba e Estados Unidos, e passa Presidência a Alckmin
RODRIGO
Senado vai apresentar PEC para criminalizar porte de drogas
XANDE
8/1: Defesa de acusado diz que julgamento é político; Moraes rebate

Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos

Entre as vítimas estão três crianças. A Polícia abriu investigação para apurar como as chamas começaram Sete pessoas morreram durante a noite em um incêndio, aparentemente de origem criminosa, em um edifício de Nice, anunciou o promotor da cidade do sudeste da França, Damien Martinelli. “Com base nos primeiros indícios,

Leia mais...

Bolsonaro diz que Ramagem “está pagando preço alto” pela coragem 

Ex-presidente subiu em trio para apoiar pré-candidatura de Ramagem à Prefeitura do Rio de Janeiro. Eles são alvo de investigação sobre espionagem ilegal na Abin durante o governo bolsonarista  O ex-presidente Jair Bolsonaro exaltou o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ), ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), nesta quinta-feira (18/7),

Leia mais...

Comitiva do governo federal vai até regiões de conflitos indígenas no MS

Indígenas relataram que foram cercados por caminhonetes e atacados com disparos de armas de fogo Integrantes da comitiva enviada pelo governo federal na terça-feira (17/7), acompanhados por representantes do governo do Mato Grosso do Sul, visitaram duas localidades para mediar conflitos fundiários nesta quinta-feira. Indígenas visitados disseram que foram atacados

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.