24/02/2024

Petistas e bolsonaristas brigam por comando de comissões na Câmara

 Lira negocia com partidos para
definir quem comandará comissões-chave na Câmara. PT e PL disputam protagonismo


A corrida pelas principais comissões da Câmara dos Deputados
envolve disputa entre parlamentares do Partido dos Trabalhadores e do Partido
Liberal, do ex-presidente Jair Bolsonaro. Siglas com as duas maiores bancadas
da Casa, PT e PL brigam por colegiados considerados chave para a
governabilidade de Lula.

Há disputas em torno da Comissão de Fiscalização Financeira
e Controle (CFFC) e da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A CFFC é
responsável por propor ações de investigação contra ministérios e por convocar
ministros para prestarem esclarecimentos. O colegiado também acompanha as
contas do governo federal. Enquanto isso, a CCJ decide sobre a
constitucionalidade, juridicidade e regimentalidade das propostas apresentadas
pelos parlamentares ou enviadas pela administração federal.

Reunião termina sem definição

Na última terça-feira (14/2), o presidente da Câmara dos
Deputados, Arthur Lira (PP-AL), convocou reunião de líderes para bater o
martelo sobre o comando dos 30 colegiados permanentes. O encontro, no entanto,
terminou sem definições. A expectativa é de que, até o fim desta semana, Lira
articule com parlamentares uma decisão. Lira pretende instalar as comissões
logo após o Carnaval.

Tradicionalmente, as comissões são distribuídas conforme a
proporcionalidade partidária. Ou seja, as bancadas com mais deputados têm
prioridade na escolha dos colegiados. Hoje, o PL leva vantagem sobre o PT. A
legenda de Bolsonaro conta com 99 parlamentares, contra 81 da federação formada
por PT/PCdoB/PV.

O PL já ganhou uma disputa e deve ficar com a Comissão Mista
de Orçamento. A CMO é responsável, dentre outras atribuições, por dar pareceres
e votar matérias do ciclo orçamentário, que é composto por: Plano Plurianual
(PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA),
bem como analisar projetos de créditos adicionais propostos pelo Poder
Executivo.

O único consenso formado até agora é sobre a Comissão de
Constituição e Justiça (CCJ), que ficará com os petistas neste ano e com os
opositores em 2024.

Os deputados do PT também querem minar a possibilidade de o
PL chefiar a Comissão de Meio Ambiente. Recentemente, a ala mais bolsonarista
do partido se mobilizou nos bastidores para que o ex-ministro Ricardo Salles
(SP) comandasse a comissão. O assunto, porém, não evoluiu, e o nome do
ex-ministro sequer foi cogitado pela sigla para o pleito. Outro colegiado em
jogo é o da Agricultura, almejado pelos parlamentares do PL.

Novas tentativas de acordo

Em meio aos impasses, Arthur Lira ficou de se reunir com os
líderes individualmente para tentar um acordo e promover um encontro com todos
os partidos nesta quarta-feira (15/2).

Cada comissão da Câmara é composta por um presidente e três
vice-presidentes eleitos pelos membros do colegiado. Estes, por sua vez, são
indicados pelos partidos em acordos que respeitam a proporcionalidade
partidária. Sendo assim, nada mais justo ao PL, dono da maior bancada da Casa,
o desejo em integrar e chefiar as comissões mais relevantes.

Hoje, o partido mira colegiados cuja atuação pode significar
uma pedra no sapato do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a
quem a sigla declarou que irá fazer oposição.

Disputa também envolve verba

A corrida dos partidos pela lideranças das 30 comissões da
Câmara e dos 15 grupos no Senado é motivada pela ambição das siglas de
conquistar espaços de poder dentro das Casas. Além das funções legislativas e
fiscalizadoras, as comissões são alvo de disputa dos parlamentares devido ao
orçamento destinado a elas.

Com o fim do orçamento secreto e o remanejamento das emendas
de relator após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), o valor
destinado às emendasde comissões permanentes, chamadas de RP8, será maior que o
dos últimos períodos.

De acordo com o Orçamento 2023, aprovado pelo Congresso no
fim do ano passado, os colegiados terão verba de R$ 7,6 bilhões neste ano. Em
2022, o valor foi de R$ 329 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
MARCO TEMPORAL
Marco temporal: a histórica vitória dos indígenas no Supremo
DINO
Lula é alertado sobre uma consequência negativa de indicar Dino ao STF
LULA
Lira alerta que governo deve ter cuidados com "excessos" da PF
LULA
Presidente Lula participa de jantar com empresários em Nova York
CONGRESSO
Candidaturas de mulheres e negros sob ataque em propostas no Congresso
voo
Lula vai para Cuba e Estados Unidos, e passa Presidência a Alckmin
RODRIGO
Senado vai apresentar PEC para criminalizar porte de drogas
XANDE
8/1: Defesa de acusado diz que julgamento é político; Moraes rebate

Tendas de hidratação contam com apoio do programa Jovem Candango

Adolescentes são responsáveis pela coleta de dados da população para preenchimento de formulários; ao todo, serão remanejados 600 colaboradores, conforme a demanda dos espaços Desde quinta-feira (22), as tendas de hidratação de pacientes com dengue espalhadas pelo Distrito Federal contam com a atuação dos participantes do Jovem Candango. Os adolescentes

Leia mais...

Portaria estabelece procedimentos para regularização fundiária em APMs

Publicação estabelece procedimentos no DF sobre Áreas de Proteção de Mananciais e é um importante instrumento para a preservação das águas e da biodiversidade do Cerrado Nesta sexta-feira (23), foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) a Portaria Conjunta nº 2/2024, que estabelece procedimentos de análise técnica para regularização fundiária

Leia mais...

Varjão recebe Dia D de combate à dengue neste sábado (24)

Entre os serviços ofertados estão testes rápidos de infecções sexualmente transmissíveis, atendimentos em casos de dengue e vacinação Neste sábado (24) é a vez do Varjão receber o Dia D de combate à dengue. A 7ª edição começa às 9h, na Quadra 2, Conjunto E, Lote 2 da região administrativa.

Leia mais...

Ações de combate à dengue intensificadas no Plano Piloto

Trabalho está sendo realizado diariamente na região com limpeza, retirada de entulhos e capina, além da aplicação de inseticida. Cerca de 50 toneladas de inservíveis são retiradas por dia na região O Governo do Distrital Federal (GDF), por meio da Administração do Plano Piloto, têm intensificado as ações de combate

Leia mais...

Campanha aponta sinais de alerta que antecedem o feminicídio

Material divulgado pela Secretaria da Mulher destaca a importância de estar atenta aos sinais que antecedem crimes violentos cometidos por parceiros, que podem ir desde manipulação até agressões verbais e físicas A cada 24 horas, três mulheres são vítimas de feminicídio no Brasil. O dado alarmante consta da plataforma Violência

Leia mais...

DF terá mais R$ 4 bilhões disponíveis para investimentos

Cenário positivo foi apresentado pelo governador Ibaneis Rocha ao Grupo de Líderes Empresariais (Lide). Valor pode chegar a R$ 6 bilhões com financiamentos e mudança da nota de crédito da capital da letra C para A O bom cenário econômico do Distrito Federal foi apresentado ao Grupo de Líderes Empresariais

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.