22/07/2024

Prefeitos gaúchos ocupam rampa do Planalto e pedem reunião com Lula

Presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda, em frente ao Palácio do Planalto - (crédito: Victor Correia/CB/D.A. Press)

Grupo está em Brasília para uma série de reuniões com autoridades. Os prefeitos tentaram subir a rampa do Planalto nesta quarta-feira (3/7), mas foram barrados pela segurança

Prefeitos do Rio Grande do Sul foram até o Palácio do Planalto nesta quarta-feira (3/7) pedir uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O grupo tentou subir a rampa do Planalto e chegou a causar temor sobre uma tentativa de entrada no Planalto.

Os prefeitos estão em Brasília para uma série de encontros com autoridades, pedindo mais recursos e medidas de apoio às cidades atingidas pelas enchentes. Eles foram ao Planalto pouco antes do evento de lançamento do Plano Safra 2024/2025, na tarde de hoje.

“A gente veio para cá porque sabe que só um ministro do governo vai resolver. Precisa o (Fernando) Haddad dar o ok na Fazenda, o Rui Costa na Casa Civil, e precisa o presidente Lula dizer: vamos apertar. A gente sabe que os desafios do governo federal  são imensos, mas a gente precisa agora do socorro para os municípios, porque é lá na ponta que se resolvem as coisas”, disse a jornalistas o prefeito de Barra do Rio Azul (RS), Marcelo Arruda, presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).

Segundo Arruda, as prefeituras pedem novas cotas extras dos Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e a compensação com as perdas do ICMS, que deixou de ser cobrado durante a calamidade no Sul.

Os prefeitos subiram o início da rampa antes de serem parados por agentes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). O grupo então hasteou bandeiras do Rio Grande do Sul e cantou o hino do estado. Eles estavam acompanhados por parlamentares, incluindo os deputados Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), Marcel Van Hattem (Novo-RS) e Pompeo de Mattos (PDT-RS).

Governo não participou de audiência na Câmara

Questionado, Sóstenes negou que os prefeitos tinham intenção de forçar a entrada no Planalto. “Jamais. Os seguranças, inclusive, vinham orientando. Eu vinha orientando todo o grupo para chegarmos até aqui. Daqui estamos voltando para o lugar determinado pela segurança. Jamais invasão, nada disso. Os prefeitos gaúchos são muito respeitosos e educados”, respondeu o parlamentar.

Pela manhã, Sóstenes participou de audiência da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que discutiu a ajuda aos municípios gaúchos, com a presença dos prefeitos. Ele criticou o governo por não ter enviado um representante à sessão.

“O governo federal tem feito parte da ajuda, mas é unânime a reclamação. Prefeitos de todos os partidos políticos dizendo ainda que a ajuda que chegou é insuficiente, e está chegando de forma morosa, burocrática”, disse o deputado.

Tribuna Livre, com informações da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
União Brasil não define candidato para SP, mas fica perto de acordo com Nunes
União Brasil não define candidato para SP, mas fica perto de acordo com Nunes
Pesquisa aponta Nunes e Boulos à frente da disputa pela Prefeitura de SP
Pesquisa aponta Nunes e Boulos à frente da disputa pela Prefeitura de SP
Chico Alencar critica apatia do Conselho de Ética em análise sobre Brazão
Chico Alencar critica apatia do Conselho de Ética em análise sobre Brazão
Bolsonaro diz que Ramagem "está pagando preço alto" pela coragem
Bolsonaro diz que Ramagem "está pagando preço alto" pela coragem 
Senado cria GT para debater regulamentação da reforma tributária
Senado cria GT para debater regulamentação da reforma tributária
Bolsonaro diz que Witzel pediu vaga no STF para blindar Flávio em investigação
Bolsonaro diz que Witzel pediu vaga no STF para blindar Flávio em investigação
Taxad e Zé do Taxão
Taxad e Zé do Taxão. Ministro da Fazenda vira meme nas redes sociais
Câmara aprova definição do marco legal do hidrogênio verde
Câmara aprova definição do marco legal do hidrogênio verde
Atentado a Trump é bofetão nos “salvadores da democracia”.Acima, Donald Trump durante comício na Pensilvânia em 3 momentos: ele discursando, ele levando a mão à orelha direita depois de disparos e ele sendo levado para fora do palco com sangue no rosto
Atentado a Trump é bofetão nos “salvadores da democracia”.
Reforma tributária vai tramitar sem urgência no Senado
Reforma tributária vai tramitar sem urgência no Senado
Mendonça dá 30 dias para conclusão de acordos de leniência da Lava-Jato
Mendonça dá 30 dias para conclusão de acordos de leniência da Lava-Jato
Reforma tributária: herança na mira de mais taxação
Reforma tributária: herança na mira de mais taxação

Apagão global cibernético afeta bancos e aeroportos em todo mundo

Um apagão cibernético está causando atrasos em voos, impactando os serviços bancários e de comunicação globalmente nessa sexta-feira Na manhã desta sexta-feira (19/7) diversos países registraram problemas técnicos que afetaram operações de companhias aéreas internacionais, empresas ferroviárias e do setor de telecomunicações, entre outros. Segundo a Administração Federal de Aviação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.