28/02/2024

A taxa de desemprego diminui para 7,6% no trimestre que terminou em outubro.

Este é o menor nível desde o trimestre encerrado em fevereiro de 2015. - (crédito: Diana Raeder/Esp. CB/D.A Press)

O número de pessoas empregadas alcançou 100,2 milhões, representando o maior contingente desde o início da série histórica.

A taxa de desemprego no Brasil continua a sua trajetória de queda, atingindo 7,6% no trimestre encerrado em outubro, em comparação com os 7,7% registrados em setembro. Essa marca representa o menor nível desde o trimestre encerrado em fevereiro de 2015, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (30/11).

A população desocupada diminuiu para 8,3 milhões de pessoas, uma queda de 3,6% (261 mil) em relação ao trimestre anterior. Enquanto isso, a população ocupada alcançou 100,2 milhões de pessoas, marcando o maior contingente desde o início da série histórica em 2012. Esse número é 0,9% maior que no trimestre anterior e 0,5% maior do que o mesmo período do ano passado.

O nível da ocupação, que representa a percentagem de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar, foi estimado em 57,2%, apresentando um aumento de 0,4 ponto percentual em relação ao trimestre de maio a julho.

O número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado, excluindo trabalhadores domésticos, atingiu 37,4 milhões, o maior contingente desde junho de 2014. Esse número representa um crescimento de 1,7% em comparação com o trimestre anterior e uma alta de 2,7% na comparação interanual.

O número de trabalhadores por conta própria foi de 25,6 milhões de pessoas, um aumento de 1,3% em relação ao trimestre anterior. Os contingentes de empregados sem carteira no setor privado, trabalhadores domésticos, empregadores e empregados no setor público permaneceram estáveis no trimestre e na comparação interanual.

A coordenadora de Pesquisas por Amostra de Domicílios do IBGE, Adriana Beringuy, destacou que a recuperação do mercado de trabalho tem sido impulsionada por trabalhadores informais e por conta própria no pós-pandemia. No entanto, ela observou que o cenário tem mudado desde 2022, com um crescimento significativo do emprego com carteira assinada.

A taxa de subutilização, que avalia a relação entre desocupados, quem poderia trabalhar mais e quem não quer trabalhar em relação ao total da força de trabalho, também registrou uma queda, chegando a 17,5%, com 20 milhões de pessoas subutilizadas. Esse é o menor nível desde o trimestre móvel encerrado em dezembro de 2015.

Em relação aos rendimentos, houve um aumento de 1,7% no rendimento médio real (descontada a inflação) em comparação com o trimestre anterior, atingindo R$ 2.999. No acumulado do ano, o crescimento foi de 3,9%. Esse avanço é atribuído à expansão contínua entre os ocupados com carteira assinada, que geralmente possuem rendimentos mais elevados.

A massa de rendimento real habitual foi estimada em R$ 295,7 bilhões, estabelecendo mais um recorde na série histórica da pesquisa. Esse resultado representou um aumento de 2,6% em relação ao trimestre anterior e um crescimento de 4,7% na comparação anual.

Tribuna Livre, com informações do IBGE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Imposto de Renda: O governo expande a isenção para aqueles que recebem até dois salários
Imposto de Renda: O governo expande a isenção para aqueles que recebem até dois salários.
A receita proveniente dos super-ricos atingiu o montante de R$ 3,9 bilhões em dezembro
A receita proveniente dos super-ricos atingiu o montante de R$ 3,9 bilhões em dezembro.
A primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) em 2024 provavelmente continuará com o ritmo de reduções da taxa Selic
A primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) em 2024 provavelmente continuará com o ritmo de reduções da taxa Selic.
Lula reafirma isenção do Imposto de Renda em 2024 para indivíduos com renda até dois salários mínimos
Lula reafirma isenção do Imposto de Renda em 2024 para indivíduos com renda até dois salários mínimos.
O segmento da economia circular prospera por meio dos brechós, prevendo-se um crescimento entre 15% e 20% até 2030
O segmento da economia circular prospera por meio dos brechós, prevendo-se um crescimento entre 15% e 20% até 2030.
Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) atinge 3,71% e promove reajuste nas aposentadorias do INSS acima do salário mínimo
Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) atinge 3,71% e promove reajuste nas aposentadorias do INSS acima do salário mínimo.
1)
A Febraban anunciou o encerramento das operações via DOC a partir da próxima segunda-feira (15/1).
O Microempreendedor Individual (MEI) passa por um reajuste nos valores a partir deste ano; confira as alterações
O Microempreendedor Individual (MEI) passa por um reajuste nos valores a partir deste ano; confira as alterações.
Começa a vigorar o limite para os juros no crédito rotativo; compreenda as alterações
Começa a vigorar o limite para os juros no crédito rotativo; compreenda as alterações.
O consumo nos lares registrou um aumento de 1,83% em novembro, conforme indica a Abras
O consumo nos lares registrou um aumento de 1,83% em novembro, conforme indica a Abras.
O governo anunciou um aumento no salário mínimo para 2024; confira o novo montante
O governo anunciou um aumento no salário mínimo para 2024; confira o novo montante.
Os Restaurantes Comunitários distribuíram 9,9 milhões de refeições ao longo do ano de 2023
Os Restaurantes Comunitários distribuíram 9,9 milhões de refeições ao longo do ano de 2023.

Faço da prioridade da população a minha prioridade.

Bem articulado com todos os Poderes de Novo Gama, dentre eles o Executivo,  com DF e demais município do Entorno, Renato Caldas mostra a que veio. Renato Caldas é reconhecido como um dos vereadores mais atuantes de Novo Gama. Sua dedicação e comprometimento com a comunidade são admiráveis, sempre buscando

Leia mais...

Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores

Formações são indicadas para profissionais da educação e da saúde. As aulas são gratuitas e online, podendo ser assistidas a qualquer momento pelos participantes A Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) oferece quatro cursos relacionados ao combate à dengue para servidores da saúde e da educação. As capacitações são

Leia mais...

DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS

Mais de 97% das atualizações do Recadastra SUS foram feitas presencialmente; com dados dos usuários mais confiáveis, a rede pública consegue otimizar a fila de espera por exames e consultas Sete meses após lançar a campanha Recadastra SUS, o Distrito Federal chegou a 1.054.928 cadastros atualizados no Sistema Único de

Leia mais...

Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros

Todos os clientes da companhia podem aderir à iniciativa, especialmente aqueles que não conseguem receber leiturista em casa durante o dia Pensando no conforto e bem-estar dos brasilienses, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) disponibiliza o serviço de autoleitura, no qual o próprio usuário fornece a leitura

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.