16/06/2024

Governo Lula: ministério gasta R$ 500 milhões sem licitação

Valor representa 97% do total empenhado pela pasta da Integração e do Desenvolvimento Regional em seis meses

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva continua empenhando despesas com dinheiro público sem a abertura de licitação. Desta vez, o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, comandado pelo ex-governador do Amapá, Waldez Góes, (PDT), gastou quase 97% dos recursos da pasta sem licitação. A informação foi revelada pelo site Metrópoles.

De todas as despesas registradas pela pasta (quase R$ 530 milhões), entre janeiro e junho deste ano, R$ 510 milhões foram realizadas sem a abertura de licitação. O valor foi empenhado nas modalidades dispensa ou inexigibilidade de licitação.

O ministério comandado por Góes é responsável por políticas públicas em habitação, irrigação e mobilidade, por exemplo. As ações da Defesa Civil Nacional na prevenção e resposta a casos de desastres naturais são comandadas pela pasta.

Entre os ministérios, o da Integração e do Desenvolvimento Regional está em terceiro lugar em gastos sem licitação nos primeiros seis meses do governo Lula.

O primeiro lugar é ocupado pelo Ministério da Saúde (R$ 4,3 bilhões). O da Defesa aparece em segundo lugar, com R$ 2 bilhões.

O presidente Lula parte nesta segunda-feira, 19, para a sétima viagem internacional. Ele embarca, à noite, mais uma vez, para a Europa e vai participar de reuniões bilaterais na Itália e na França. Será a terceira viagem ao continente europeu neste mandato.

De acordo com a agenda oficial, divulgada pelo Itamaraty, o presidente vai se encontrar na terça-feira 20 com o presidente italiano Sergio Mattarella e o prefeito de Roma, Roberto Gualtieri, que chegou a visitar Lula quando estava preso em Curitiba, em 2018.

A pauta das reuniões com os políticos não foi divulgada pelo Itamaraty. Lula não vai se encontrar com a primeira-ministra, Georgia Meloni, da direita italiana. Na quarta-feira 21, Lula terá um encontro com o papa Francisco, no Vaticano, que ainda se recupera de uma cirurgia abdominal feita no dia 7 de junho.

Durante a passagem pela Itália, o presidente deve apresentar seu plano de paz para a Ucrânia, com a criação de um clube de países facilitadores do diálogo entre Kiev e Moscou, disse Itamaraty.

Na quinta-feira 20, o presidente brasileiro tem uma reunião com o presidente francês, Emmanuel Macron. Em Paris, Lula vai participar do Novo Pacto Financeiro Global, uma conferência sobre economia sustentável. O convite para o evento foi feito pelo próprio Macron, no começo de junho, quando disse que “o mundo precisa de uma economia verde”.

Waldez Góes, ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, ao lado de Lula na posse em 1º de janeiro

| Foto: Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
MARCO TEMPORAL
Marco temporal: a histórica vitória dos indígenas no Supremo
DINO
Lula é alertado sobre uma consequência negativa de indicar Dino ao STF
LULA
Lira alerta que governo deve ter cuidados com "excessos" da PF
LULA
Presidente Lula participa de jantar com empresários em Nova York
CONGRESSO
Candidaturas de mulheres e negros sob ataque em propostas no Congresso
voo
Lula vai para Cuba e Estados Unidos, e passa Presidência a Alckmin
RODRIGO
Senado vai apresentar PEC para criminalizar porte de drogas
XANDE
8/1: Defesa de acusado diz que julgamento é político; Moraes rebate

Justiça expede mandado de prisão contra Maurício Sampaio

Defesa prepara um novo habeas corpus O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) expediu na tarde desta sexta-feira (14), os mandados de prisão de Maurício Sampaio e policial militar reformado Ademá Figueiredo, condenados pelo assassinato do radialista Valério Luiz de Oliveira em 2012. O despacho foi assinado pelo juiz Lourival

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.