22/04/2024

TCU vai auditar cartão corporativo de Lula

Solicitação foi feita pela Câmara dos Deputados

Os gastos do cartão corporativo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva serão submetidos a uma auditoria pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A determinação é da Câmara dos Deputados e foi solicitada pelo deputado Kim Kataguiri (União-SP).

Conforme revelado pela jornal Folha de S.Paulo, na sexta-feira 16, o deputado solicitou que a Corte realize uma análise minuciosa das despesas do presidente. A Comissão de Fiscalização e Controle, presidida pela deputada Bia Kicis (PL-DF), concedeu a autorização.

 “A realização dessa auditoria pelo TCU também reforçará a importância da prestação de contas por parte do Poder Executivo, ao conduzir uma análise independente, imparcial e criteriosa”, argumentou Kataguiri, no pedido.

Apesar de o governo Jair Bolsonaro ter sido amplamente criticado pelos gastos no cartão corporativo, nos primeiros quatro meses deste ano, a gestão Lula desembolsou R$12,1 milhões nessa forma de pagamento, de acordo com um levantamento da revista Crusoé.

A auditoria deve começar em breve, uma vez que o TCU tem a obrigação de dar preferência aos pedidos dos parlamentares.

Gastos de Bolsonaro

Em fevereiro, o TCU aprovou a abertura de uma apuração sobre a legalidade dos gastos do governo de Bolsonaro utilizando os mesmos cartões entre outubro e dezembro de 2022.

Em relatório, o tribunal apontou um “aumento expressivo” nos gastos com o cartão corporativo durante o período eleitoral.

A Comissão de Fiscalização e Controle, presidida pela deputada Bia Kicis (PL-DF), concedeu a autorização

Foto: Ton Molina/Estadão Conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Ministro Barroso afirma que a alternância de poder é uma parte essencial da vida.
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Lula busca sintonia com Lira para tocar acordos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
Decisão do STF contra réus do 8/1 é criticada por dupla punição e deve ser alvo de recursos
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
TCU pede informações ao governo sobre ações de combate a fraudes em compras internacionais
MARCO TEMPORAL
Marco temporal: a histórica vitória dos indígenas no Supremo
DINO
Lula é alertado sobre uma consequência negativa de indicar Dino ao STF
LULA
Lira alerta que governo deve ter cuidados com "excessos" da PF
LULA
Presidente Lula participa de jantar com empresários em Nova York
CONGRESSO
Candidaturas de mulheres e negros sob ataque em propostas no Congresso
voo
Lula vai para Cuba e Estados Unidos, e passa Presidência a Alckmin
RODRIGO
Senado vai apresentar PEC para criminalizar porte de drogas
XANDE
8/1: Defesa de acusado diz que julgamento é político; Moraes rebate

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.