20/06/2024

Desenrola: BB, Bradesco e Santander confirmam participação; veja como renegociar suas dívidas

Programa começa nesta segunda-feira para pessoas com renda mensal de até R$ 20 mil. Também a partir de segunda, os bancos participantes do programa terão de “limpar o nome” de pessoas com dívidas de até R$ 100.

Banco do Brasil, Bradesco e Santander confirmaram que, a partir da próxima segunda-feira (17), participarão do “Desenrola”, programa de renegociação de dívidas do Governo Federal, que foi uma das promessas de campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na primeira fase do programa, anunciada nesta sexta-feira (14), pessoas com renda mensal de até R$ 20 mil poderão renegociar suas dívidas diretamente com as instituições financeiras, dentro da faixa 2 definida pelo governo (saiba mais sobre as faixas abaixo).

Além da renegociação, também a partir de segunda-feira, os bancos participantes do programa terão de “limpar o nome” de pessoas com dívidas de até R$ 100. O prazo para que as instituições terminem de dar baixa em seus sistemas, limpando os nomes dos endividados, é o próximo dia 28.

Vale destacar, porém, que a medida que limpa o nome dos clientes não é um perdão das dívidas. O débito continuará existindo, mas os bancos se comprometem, pelo programa, a não usar essa dívida para inserir os correntistas no cadastro negativo.

Veja perguntas e respostas sobre o programa de renegociação de dívidas

Foi perguntado aos bancos Caixa Econômica Federal, Itaú Unibanco e Nubank sobre a intenção de participar do programa e as regras de cada instituição para que os clientes possam renegociar suas dívidas, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

Já o C6 Bank enviou uma nota dizendo que os bancos têm até o dia 27 de julho para se habilitarem no programa e que a instituição está em processo de cadastramento e divulgará informações adicionais oportunamente.

Veja mais detalhes, abaixo, sobre como participar do programa em cada banco.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil informou que, a partir de segunda, terá “ofertas diferenciadas, trazendo melhores condições de renegociação para seus clientes”.

Sobre a baixa da negativação dos nomes de pessoas com dívidas inferiores a R$ 100, o banco informou que concluirá o processo até a próxima sexta-feira (21).

Os clientes interessados em renegociar as dívidas poderão utilizar os seguintes canais:

App BB;

Internet Banking pelos endereços www.bb.com.br/renegocie para pessoas físicas ou www.bb.com.br/renegociepj para pessoas jurídicas;

Central de Relacionamento pelos números 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais regiões);

WhatsApp, enviando a mensagem “#renegocie” para o número (61) 4004-0001;

Toda a rede de agências.

Bradesco

O Bradesco também confirmou a participação no “Desenrola” e disse que as dívidas de até R$ 100 serão desnegativadas ao longo da próxima semana.

O presidente do banco, Octavio de Lazari Junior, considera que o programa “é tempestivo e oportuno, pois impacta diretamente uma enorme massa de pessoas que perderam condições de consumo pelo endividamento e dificuldades de honrar essas dívidas” e garante que o Bradesco dará todo o apoio necessário para dar abrangência e robustez ao “Desenrola”, com informação ao cliente, com transparência e fluidez nas negociações

Os clientes poderão fazer a renegociação através do:

Portal de renegociação, pelo endereço banco.bradesco/dividas;

Canais Digitais (Mobile, Internet Banking, Fone Fácil e ATM);

Plataformas de parceiros;

Toda a rede de agências.

Santander

De acordo com o Santander, o banco terá ofertas para pessoas físicas com e sem entrada, além de “taxas flexíveis, descontos de até 90% e parcelamentos em até 120 vezes”.

A instituição também afirma que, em seu setor de financiamentos, os clientes contarão com ofertas de renegociação com condições inéditas, a depender de cada perfil.

Para participar, os clientes pessoa física poderão entrar em contato com o banco pelo:

telefones 4004-3535 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-722-9090 (demais localidades);

Site www.santander.com.br/renegociacao

Já para o Santander financiamentos, as opções de contato são:

Telefone 4004-9090 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-722-9090 (demais localidades);

WhatsApp 4004-9090;

Site www.negociemais.santanderfinanciamentos.com.br

Regras para participar do ‘Desenrola’

A faixa 2 do programa foca em resolver as dívidas de pessoas físicas com dívidas financeiras negativadas até 31 de dezembro de 2022, e renda mensal de até R$ 20 mil.

Segundo o governo, cada instituição financeira renegociará suas próprias dívidas, sem a necessidade de consolidação de diferentes credores.

Não há necessidade de inscrição para atendimento em canais digitais do governo. Os bancos oferecerão as condições de renegociação de dívidas diretamente aos seus clientes.

Para que o programa funcione bem, o governo vai oferecer aos bancos um incentivo para que aumente a oferta de crédito.

Na faixa 2, o “Desenrola” não atenderá renegociações de dívidas dos seguintes tipos:

dívidas de crédito rural;

débitos com garantia da União ou de entidade pública

dívidas que não tenham o risco de crédito integralmente assumido pelos agentes financeiros;

dívidas com qualquer tipo de previsão de aporte de recursos públicos;

débitos com qualquer equalização de taxa de juros por parte da União.

Renegociação de dívidas começa nesta segunda-feira (17)

— Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Copa do Brasil: ministérios fazem ação conjunta contra racismo no futebol
Copa do Brasil: ministérios fazem ação conjunta contra racismo no futebol
VACINA
Dengue: Butantan desenvolve vacina em dose única
MARCO TEMPORAL
Com 5 a 2 contra o Marco Temporal, STF retoma análise do tema na 5ª
MORAES
Moraes manda soltar 4 presos por suspeita de fraude em cartões
BAHIA
Sobe para 9 número de suspeitos mortos em operação policial na Bahia
PREFEITO CASTRADOR
Solidariedade expulsa prefeito que sugeriu castrar mulheres no RJ
rio
Prefeito de cidade no RJ sugere castrar mulheres para controlar nascimentos
BRASIL
Ministério cria GT para frear violência contra indígenas no Amazonas
LULA
Lula anuncia que prefeituras vão receber, no mínimo, repasses de 2022
NUNES
Nunes Marques vota para condenar réu do 8 de janeiro a 2 anos e seis meses de prisão
LULU
Lula dá posse a novos ministros em cerimônia fechada no Planalto
RS
Sobe para 47 número de mortos pelas chuvas no Rio Grande do Sul

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.