23/06/2024

Justiça dá 2ª sentença contra invasões do MST

 Grupo invadiu fazendas da Suzano na Bahia


Invasão de terras na Bahia – 27/02/2023 | Foto:
Reprodução/MST

 A Justiça concedeu segunda decisão contra as invasões
feitas pelo MST na Bahia. Nesta sexta-feira, 3, a juíza Livia de Oliveira
Figueiredo determinou que os militantes do grupo deixem a fazenda da Suzano em
Teixeira de Freitas.

A Justiça concedeu segunda decisão contra as invasões
feitas pelo MST na Bahia. Nesta sexta-feira, 3, a juíza Livia de Oliveira
Figueiredo determinou que os militantes do grupo deixem a fazenda da Suzano em
Teixeira de Freitas.

Primeira decisão da Justiça contra o MST

Inicialmente, o MST relacionava as invasões das terras da
Suzano com supostos problemas ambientais. Segundo o jornal O Estado de S.
Paulo, Eliane Oliveira, coordenadora nacional do movimento, disse que as terras
da Suzano são “latifúndios de monocultura de eucalipto” e “o território baiano
sofre com a destruição sistemática dos recursos naturais, como envenenamento do
solo e dos rios”.

A companhia brasileira, entretanto, tem reconhecimento
internacional por cumprir rigorosas regras de preservação do meio ambiente. No
ano passado, por exemplo, a Suzano recebeu uma premiação em Pequim, na China,
por ser empresa modelo ESG — sigla de Environmental, Social and Governance. Ou
seja: significa a aplicação de uma série de medidas respeitando requisitos
ambientais, sociais e de governança.

Em nota dirigida à imprensa, a companhia ressaltou que
cumpre integralmente as legislações ambientais e trabalhistas aplicáveis às
áreas em que mantém atividades. De acordo com o documento, as premissas da
Suzano são o desenvolvimento sustentável e “a geração de valor e renda,
reforçando assim seu compromisso com as comunidades locais e com o meio
ambiente”.

O MST reclama ainda de um acordo de 2011 para o
assentamento de famílias em áreas da companhia, que não teria sido cumprido. A
Suzano alega que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária não
realizou a demarcações no local e que não descumpriu nenhum acordo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Copa do Brasil: ministérios fazem ação conjunta contra racismo no futebol
Copa do Brasil: ministérios fazem ação conjunta contra racismo no futebol
VACINA
Dengue: Butantan desenvolve vacina em dose única
MARCO TEMPORAL
Com 5 a 2 contra o Marco Temporal, STF retoma análise do tema na 5ª
MORAES
Moraes manda soltar 4 presos por suspeita de fraude em cartões
BAHIA
Sobe para 9 número de suspeitos mortos em operação policial na Bahia
PREFEITO CASTRADOR
Solidariedade expulsa prefeito que sugeriu castrar mulheres no RJ
rio
Prefeito de cidade no RJ sugere castrar mulheres para controlar nascimentos
BRASIL
Ministério cria GT para frear violência contra indígenas no Amazonas
LULA
Lula anuncia que prefeituras vão receber, no mínimo, repasses de 2022
NUNES
Nunes Marques vota para condenar réu do 8 de janeiro a 2 anos e seis meses de prisão
LULU
Lula dá posse a novos ministros em cerimônia fechada no Planalto
RS
Sobe para 47 número de mortos pelas chuvas no Rio Grande do Sul

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.